quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Coisas que podem reduzir a velocidade do seu computador

Vários fatores podem reduzir a velocidade do sistema do seu PC, coisas que você pode nem mesmo conhecer:
  • Os utilitários Fast Find e Office Bar da Microsoft que são instálados com o conjunto office
  • O software de proteção contra vírus
  • Os utilitários do sistema e de controle do disco
  • As aplicações de programação e de compromissos
  • Os drivers de dispositivo do DOS (modo real) carregados no CONFING.SYS ao usar o Windows 95/98
  • As ferramentas de ortografia e de verificação ortográfica automática nas aplicações
  • Os utilitários de comunicações residentes (ICQ, Iphone, AOL Instante Messenger, programas de fax)
  • Impressoras a laser que têm pouca memória para lidar com seus documentos e gráficos
  • Impressoras lentas (variedades do tipo m,atricial e jato de tinta) para gráficos
  • Drives de disco lentos (tempo de acesso de > 10 mSeg) e IDE mais antigos
  • Impressora ou compartilhamento de arquivos em uso no Windows 95/98
  • Memória lenta (70-80 nSeg) em um sistema rápido (>66 MHz)
  • Mais RAM do que você realmente precisa
  • Muitos ou desnecessários protocolos de rede carregados
  • Uso da rede 10Base2 (coaxial)
  • Presença ou desempenho errado dos dispositivos da rede (servidor ocupado ou girando para cima ou para baixo)
  • Sistema de arquivos muito fragmentado e/ou setores de disco com defeito
  • BUFFERS do DOS excessivo definido no COFIG.SYS (geralmente de 3 a 10 é ótimo)
Tudo isso, e mais, são coisas que mantêm seu computador ocupado atendendo essas tarefas e não o trabalho que você realmente deseja que seja feito em primeiro plano. Algumas dessa coisas são benéficas e devem ser executadas, como a proteção contra vírus, mas todos os outros acessórios de tarefa, memória e controle do disco, usando os drivers no nível do DOS versus aqueles do Windows, são ladrões de tempo real e desempenho. Toda tarefa, mesmo que aparentemente inativa, pode consumir de 1 a 3 pro cento do tempo de sua CPU. Adicione tarefas o suficiente e esse chip Pentium de 200MHz será arrastado para um mero 166MHZ de velocidade efetiva.

Como o Windows tem que fazer muito carregamento e descarregamento de arquivos com o drive de disco, os drives mais antigos (basicamente não EIDE e não SCSI) poderão ser uma obstrução real. Usar uma RAM mais antiga e lenta poderá ser econômico, mas o BIOS do sistema irá impor mais estados de espera e retardos de memória do que você poderá querer – mudar para uma EDORAM de 50 até 60 nanossegundos, ou mesmo para uma SDRAM de 10 a 20 nanossegundos mais rápida ajudará, se seu sistema suportar. RAM demais poderá deixar as tarefas de gerenciamento da memória do sistema operacional ocupadas gerenciando a memória, em vez de lidar com suas aplicações.

As comunicações de rede poderão desempenhar um grande papel mantendo seu sistema ocupado desnecessariamente. As redes de cabo coaxial mais antigas (pois o tráfego de todos está no mesmo cabo) e os protocolos que você não precisa ter instalados poderão realmente distrair o sistema. Se precisar apenas se comunicar com outros PCs, servidores ou Internet usando o TCP/IP, remova todos os outros protocolos. O NetBEUI poderá ser útil para alguma rede do Windows diferente do TCP/IP, mas também é um risco de segurança.

Geralmente, procure algo que realmente não precisa ou coisas que não estejam no mesmo nível da tecnologia, sem exagerar, e encontrará uma obstrução. Acompanhe a manutenção de seu drive de disco – a varredura antivírus, a desfragmentação e os utilitários gerais de saúde do disco executados com frequência poderão ajudar a fazer com que as coisas ocorram suavemente.


Voltar para a Página Principal

Nenhum comentário:

Postar um comentário