terça-feira, 30 de março de 2010

Recuperação de equipamentos valvulados









Se você conhece um pouco de eletrônica, tendo as ferramentas básicas, a reparação de rádios valvulados e outros equipamentos pode ser realizada com certa facilidade. Damos, em seguida, uma tabela de defeitos, causas e verificações que pode ser de grande utilidade para aqueles que desejam recuperar um aparelho que não funciona.





Não funciona




Defeito:

Não acendem as válvulas


Verificar:

Tensões de alimentação

Causa provável:

  • Válvulas queimadas
  • Resistência em série com os filamentos-aberta
  • Lâmpada piloto queimada
  • Interruptor geral defeituoso
  • Cabo de alimentação interrompido
  • Transformador de força queimado

Defeito:

Acende mas não funciona

Verificar:

Falta de alta tensão nos circuitos de placa (anodo)


Causa provável:
  • Resistência de placa da válvula retificadora-aberta
  • Válvula retificadora queimada
  • Choque de filtro aberto
  • Mau contato nos soquetes das válvulas
  • Soldas frias ou interrupções
  • Capacitores eletrolíticos em curto
  • Capacitores de alta tensão em curto
  • Transformador de força aberto

Defeito:

Não funciona a partir do detector (rádio)


Verificar:

Transformador de FI


Causa provável:
  • Transformador de FI aberto ou em curto
  • Capacitor de FI em curto
  • Capacitor de acoplamento aberto
  • Resistência de catodo aberta

Defeito:

Não funciona a etapa pré-amplificadora


Verificar:

a) Falta de tensão de placa
  • Resistência de carga aberta


b) Falta de tensão na grade
  • Resistência de alimentação aberta
  • Capacitor de desacoplamento aberto


c) Não há sinal de grade
  • Capacitor de acoplamento em curto ou aberto
  • Grade de blindagem em curto
  • Resistência de grade
  • Válvula queimada
  • Potenciômetro em curto
  • Capacitor de placa em curto

Defeito

Não oscila


Verificar:

a) Bobina osciladora
  • Invertida
  • Aberta


b) Falta tensão de placa

  • Resistência de alimentação aberta


c) Tensões alteradas ou sem alteração
  • Capacitor padder aberto
  • Chave de onda com mau contato
  • Bobina aberta
  • Resistência de escape aberta
  • Variável em curto

Defeito:

Pouca sensibilidade geral


Verificar:

a) Válvulas
  • Válvulas fracas
  • Polarização incorreta


b) Tensões de placa baixas
  • Tensões de polarização alteradas
  • Resistores de polarização alterados


c) Tensões de grade alteradas
  • Bobinas interrompidas
  • Ajuste incorreto
  • Resistores de polarização abertos ou alterados


Defeito:

Pouca amplificação das etapas de FI


Verificar:

a) Válvulas de FI
  • Válvula fraca


b) Tensões de polarização
  • Resistores com valores alterados
  • Tensões de placa baixas
  • Transformador de FI com fugas
  • Ajuste incorreto de bobinas de FI
  • Perdas de grade
  • Oscilações parasitas (instabilidades)


c) Tensões de grade baixas (alteradas)
  • Resistores de polarização alterados

Defeito:

Etapa conversora inoperante


Verificar:

a) Falta de tensão de placa
  • Trimmer de FI em curto
  • Transformador de FI aberto


b) Falta de tensão na supressora
  • Resistência de alimentação aberta
  • Capacitor de desacoplamento em curto


c) Tensão de catodo alterada
  • Resistência de catodo aberta
  • Grade em curto
  • Capacitor variável em curto

Defeito:

Pouca sensibilidade na etapa conversora


Verficar:

a) Válvulas e tensões
  • Válvulas fracas
  • Tensões de placa baixas
  • Polarização incorreta


b) Tensão oscilante alta
  • Defeito na bobina osciladora
  • Tensões de grade alteradas


c) Instabilidades
  • Tensão de grade alterada
  • Mau ajuste do transformador de FI
  • Fugas e oscilações parasitas

Defeito:

Pouca sensibilidade em AM


Verificar:

a) Tensões incorretas
  • Válvulas fracas
  • Resistências com valores alterados


b) Tensões corretas
  • Capacitores de acoplamento abertos ou com fugas
  • Controle de volume ruim
  • Transformador de saída com problemas
  • Polarização alterada

Defeito:

Etapa de potência não funciona


Verificar:

a) Tensão de placa
  • Capacitores de placa em curto
  • Transformador de saída aberta
  • Curto-circuitos


b) Tensão de grade
  • Resistências de catodo abertas
  • Capacitores de desacoplamento em curto
  • Interrupção da bobina do alto-falante
  • Válvula em curto

Defeito:

Etapa amplificadora de FI inoperante


Verificar:

a) Falta de tensão de placa
  • Trimmer das FIs em curto
  • Capacitor de filtro de FI em curto
  • Capacitor de acoplamento aberto
  • Resistência de catodo aberta


b) Falta de tensão na válvula supressora
  • Resistência de alimentação aberta
  • Capacitor de desacopl. em curto


c) Não há resposta na grade
  • Transformador de FI em curto
  • Resistência de catodo aberta
  • Grade em curto com o chassi


Funcionamento anormal



Descargas, estalos


Causas:

  • Capacitor de filtro com problemas
  • Isolação do +B com problemas
  • Fugas nos circuitos de alta tensão
  • Capacitor de placa da saída ruim
  • Potenciômetros ruins

Microfonia

Causas:

  • FI mal ajustada
  • Oscilações mecânicas
  • Capacitor variável com placas soltas ou frouxas
  • Borrachas do capacitor variável endurecidas
  • Bobinas frouxas
  • Trimmers soltos ou frouxos
  • Padder solto ou frouxo
  • Conexões soltas

Apitos, oscilação

Causas:

  • FI mal ajustada
  • Valor de FI incorreto
  • Acoplamento defeituoso entre a antena e demais circuitos
  • Filtro de FI aberto
  • Oscilações devido a componentes defeituosos ou ligações compridas

Ruídos

Causas:

  • Contatos soltos ou frouxos
  • Soldas frias ou soltas
  • Válvulas com problemas
  • Contatos de suportes de válvulas sujos ou oxidados
  • Capacitor variável com sujeira entre as placas
  • Trimmers frouxos
  • Curtos entre conexões

Oscilações

Causas:

  • Capacitor de desacoplamento aberto
  • Soldas frias ou soltas
  • Realimentação no circuito de CAV
  • Realimentação por má colocação dos componentes
  • Falta de blindagem em válvulas
  • Falta de conexão à terra de blindagens
  • Fio de antena muito próximo das FIs
  • Fio do alto-falante muito longo
  • Filtro de FI aberto
  • Pino 1 de válvulas metálicas sem conexão

Distorção

Causas:

  • Problemas de polarização da válvula de saída
  • Válvula fraca
  • Transformador de saída com problemas
  • Alto-falante com problemas
  • Tensão de alimentação baixa
  • Válvula retificadora fraca
  • Tensão de filamento baixa
  • Capacitores de acoplamento com fugas

Zumbidos

Causas:

  • Filtragem insuficiente
  • Choque de filtro em curto
  • Eletrolíticos abertos ou alterados
  • Circuito de filamento sem blindagem ou aterramento
  • Retornos de grade mal conectados
  • Capacitor de desacoplamento aberto
  • Válvulas com curtos entre catodo e filamento
  • Blindagens de cabos de sinais desligadas do chassi

Fonte: revista Eletrônica Total

3 comentários:

  1. achei esse blog no goggle > http://www.instru-tech.blogspot.com
    Muito legal ele tbm

    ResponderExcluir
  2. Parabéns por este blog e suas valiosas informações.
    Desejo que ele continue online por muito tempo.


    Obrigado,,

    Ayres

    ResponderExcluir
  3. Boa noite, um amplificador de baixa potência (1 el90 e 1 ef94)estava bom, de repente ao ser ligado novamente acende as duas válvulas, mas não sai som nenhum. Pensei no trafo de saída, mas me chamou atenção para a EL90 que esta com o getter um pouco menor e no lugar do prateado tem uma pequena faixa amarelada.Poderia ser o príncipio da perda de vácuo? Reparei, com uma lupa (afinal não se sente passando os dedos) que tem dois micro trincos próximos aos pinos. Eis a questão, será que perdi o trafo de saída também?

    ResponderExcluir